Como fechar mais vendas?

Essa questão está presente no pensamento de 10 em cada 10 empreendedores e certamente está na sua.
Para responder essa pergunta, responda o seguinte:

Sua empresa começou hoje?

Ao menos que a resposta para essa pergunta seja SIM, você deve priorizar a seguinte ação: vender para sua base de clientes.
Não apenas os ativos, mas para todos aqueles que você já vendeu antes.

Custa 5x mais atrair um cliente novo do que vender para um cliente antigo.

Sim, os seus clientes não vêm de graça. Existe muita energia e trabalho para trazê-los até o ponto de virarem clientes de verdade.
Portanto, antes de pensar em como atrair novos busque se aproximar dos clientes que você já tem.

Como?

Organize seus clientes por receita gerada e potencial e comece por aí.
Envie uma mensagem convidando-o para um bate papo.

Você ficaria surpreso o quanto uma simples ligação de qualidade ou uma mensagem atenciosa faz diferença.

Procure lembrar de usar o nome da pessoa e da empresa dela na sua comunicação verbal ou escrita.

Um grande escritor da psicologia humana, Dale Carnegie, constatou que "não existe som mais doce aos ouvidos de uma pessoa do que o seu o próprio nome".

Peça indicações

Seu cliente não comprou novamente de você, mas está feliz e satisfeito com o serviço e atendimento que recebeu? Então peça uma indicação!

40% a 50% das vendas das empresas vêm de indicação mesmo sem ninguém pedir.
Portanto não se esqueça de pedir indicação.

A melhor forma de iniciar um pedido de indicação é perguntando sobre a satisfação do cliente com o seu serviço. Se a resposta for positiva você pode dizer algo como:
"Fico muito  feliz que esteja satisfeito. Por acaso conhece alguém que esteja precisando desse serviço?"

E se seu cliente não tiver uma indicação?
Aproveite e peça um depoimento para usar nas redes sociais, site e grupos de WhatsApp. Cliente feliz é o melhor vendedor de qualquer negócio.

Quem é visto é lembrado

Essa é outra máxima de marketing e vendas. Se você quiser ser lembrado, precisa ser visto. Por isso é importante estar presente onde a atenção do seu público está.

Ou seja, se você vende para corporações, provavelmente não adianta ficar focado apenas no Instagram. Você deveria considerar estar no Linkedin.

Outro ponto importante é possuir uma mensagem clara e "bater nela" muitas vezes. Mesmo que você tenha muitos serviços é importante pensar "pelo que quero ser lembrado?". Essa será a sua proposta de valor.

Uma boa forma de fazer isso é pensar:
✓ Que problema eu resolvo?
✓ Como eu facilito a vida das pessoas?
✓ Por que eu sou diferente de todos os demais?
✓ Qual seria o meu cliente ideal?

Ao responder essas perguntas ficará mais fácil você decidir qual mensagem você quer propagar.

A partir daí você deve ter uma comunicação consistente e firmar sua proposta de valor nos emails, site, posts de redes sociais, apresentações, reuniões... Ou seja, sempre que for falar do seu negócio!

Evite usar como argumento de venda o atributo técnico.
Invés disso foque no benefício. Por exemplo, poucas pessoas querem saber que usando uma câmera em nuvem não há consumo de internet no local da câmera.

Mas muitos se sentem animados em saber que podem ter usuários ilimitados, acessar de onde estiver, que podem compartilhar com quem quiser sem travar o filme no Netflix sempre que alguém acessar a câmera.

Uma imagem vale mais do que mil palavras

Esteja presente nas redes sociais!
Certamente você possui uma página para o se negócio, mas isso não é o bastante. Pessoas gostam de engajar com outras pessoas. Use o seu próprio perfil e estimule seus funcionários a compartilhar o dia a dia na empresa.

Nas redes sociais que valorizam imagens, como Instagram ou Facebook, invista em imagens que foquem no benefício e traduzam sua proposta de valor de forma clara.

Você aumenta a segurança de famílias através das câmeras? Não adianta uma foto da câmera apenas, use uma imagem de uma família protegida.

O kit de marketing PRO conta com uma biblioteca de imagens e textos para redes sociais focado no mercado de segurança eletrônica.

 

Não esqueça do OFFLINE

É verdade que o mundo é cada vez mais digital e não podemos ficar ausentes das redes sociais e outros canais online. Contudo, não despreze o poder de um panfleto ou de um evento.

Lembre: não importa O QUE vendemos, mas PARA QUEM vendemos. Por isso você deve utilizar os canais e estar presente onde o seu cliente em potencial estiver.

Quer mais dicas de vendas? Acesse o blog da Monuv.

Encontrou sua resposta?