A tecnologia em nuvem possui naturalmente um delay maior do que uma conexão direta. Isso porque os dados são primeiro enviados à nuvem para então serem acessados pelo seu celular ou computador.

Em média os vídeos ao vivo podem sofrer delay de 10 a 30 segundos, dependendo das condições da rede do local.

Por outro lado, com a imagem em nuvem é possível assistir de maneira ilimitada o vídeo das câmeras, pois nenhum acesso é feito à câmera / DVR não consumindo banda de internet do local onde o equipamento estiver.

Importante ressaltar que são raros os casos em que esse delay terá impacto na operação. Além disso com o armazenamento em nuvem é possível trabalhar com o pré-alarme, voltando a imagem para o momento anterior ao disparo do evento.

Encontrou sua resposta?